phone: +351 912 241 983 | +1 347 851 0251
e-mail: info@TheRoyal45.com

Monday, February 23, 2009

Certificação Energética

A partir de 1 de Janeiro 2009, qualquer fraçcão destinada a habitação ou serviços nova ou existente, transaccionada ou arrendada, deverá dispor dum Certificado Energético

A legislação do Certificado Energético é orientada também tendo em atenção o marketing da sua propriedade, bem como a sua eventual valorização. O Certificado Energético é válido por um período de 10 anos. Caso tenha o seu imóvel arrendado e o locatário não pretenda desocupar sua propriedade; não existe qualquer obrigação legal em requerer o Certificado Energético. Mas caso preveja que o mesmo possa vir a ser desocupado poderá solicitar um Certificado Energético agora, encurtando desta forma o período que sua propriedade estará no mercadado após o termo de um contrato de arrendamendo ou transacção do imóvel.

Estamos especialmente vocacionados para fornecer uma solução fácil para as necessidades do Proprietário. Os nossos Técnicos trabalharão consigo de modo a definir um horário de acordo com as suas necessidades com vista a certificar a sua propriedade.

Peça já o seu certificado para uma citação individual rápida e fácil aqui.

O Decreto-lei 80/2006 de 4 de Abril, surge no seguimento da Directiva nº 2002/91/CE do Parlamento Europeu de 16 de Dezembro, na qual é imposto aos Estados membros a adopção e actualização periódica dos regulamentos relativos ao desempenho energético dos edifícios. O Decreto-lei 80/2006 ou RCCTE, estabelece as regras a observar em edifícios de habitação ou de serviços sem sistemas de climatização centralizados de modo a que:
  • As exigências de conforto térmico (quer de Inverno quer de verão) possam vir a ser satisfeitas sem grande dispêndio de energia.
  • Sejam minimizadas as situações patológicas nos elementos de construção provocadas pela ocorrência de condensações superficiais.

Em Portugal a aplicação e cumprimento deste Decreto-lei, tem vindo a ser faseada, sendo que a última fase tem aplicação a partir de 1 de Janeiro de 2009, data a partir da qual é obrigatória a Certificação Energética:

  • Para obter a autorização de utilização em edifícios novos.
  • Para reabilitações importantes de edifícios existentes (custo>25% do custo edifício calculado com base num valor de referência).
  • Na locação ou venda de edifícios de habitação e de serviços existentes (validade do certificado: máximo 10 anos).
Link: http://certificadoenergetico.com/



Copyright © 2009 Nelson Motta™ All Rights Reserved