phone: +351 912 241 983 | +1 347 851 0251
e-mail: info@TheRoyal45.com

Wednesday, June 17, 2009

Africa do Sul 2-0 Nova Zelandia Confederations Cup 2009

Joel Santana apresentou os Bafana-Bafana com Khune, Gaxa, Masilela, Mokoena, Sinaya; Pienaar, Modise, Dikgacoi, Booth; Parker e Fanteni enquanto no banco de suplentes colocou Fernandez; Mhlongo, Davids, Tshabalala, Mphela, Van Heerden, Mdledle, Moon, Khumalo, Mashego, Baloyi e Gould.

Ricki Herbert lançou os seus Kiwis com Moss; Lochhead, Vicelich, Brown, Elliott; Smeltz, Killen, Bertos, Christie; Mulligan, Boyens e deixou sentados no banco Paston; Scott, Oughton, Sigmund, Barron, Brockie, James, Old, Wood, Bright, Smith e Bannatyne.

A Nova Zelândia ocupando a 82ª posição do Ranking FIFA defrontava a anfitriã África do Sul 10 posições acima, 72ª posição FIFA e sendo que das 4 vezes que se encontraram a vitória sorriu sempre aos sul-africanos.

Em termos classificativos, ambas selecções necessitariam de uma vitória para poder assegurar um lugar na próxima fase, sendo que os All-Whites terão sido derrotados por 0-5 na primeira jornada e nova derrota ditaria o seu afastamento certo da próxima fase; Já a África do Sul, fruto do empate frente ao Iraque, poderia colocar-se em posição vantajosa para a qualificação vencendo esta partida.

A África do Sul jogando perante seu público tentava limpar a sua imagem das desastrosas exibições apresentadas nas últimas partidas, sendo que apesar do futebol atabalhoado e a anulação de dois golos conseguiu sempre dirigir esta partida de acordo com os seus intuitos.

Assim e após jogada confusa pela esquerda ( parece que os campos sul-africanos inclinam-se para o flanco esquerdo ) Parker aos 20 minutos faz o 1-0 na consagração de um domínio avassalador dos Bafana-Bafana perante os Kiwis/All-Whites.

51 minutos e Parker marca outro golo, o seu segundo da competição e desta vez sem intenção, e novamente pelo flanco esquerdo. Masilela a cruzar e a bola a embater em Parker que faz assim o 2-0. Bernard Parker proveniente da reconhecida e galardoada equipa dos anos 90 Estrela Vermelha de Belgrado tem vindo a colmatar a ausência de Benny McCarthy.

Homem do Jogo – Bernard Parker



Copyright © 2009 Nelson Motta™ All Rights Reserved